Curso promovido pelo Gambá capacita voluntários para combater incêndios florestais na Serra da Jiboia

26/02/2018

curso incendios 2
Participantes do curso realizam atividade prática de controle de incêndio usando os abafadores, enxadas e mochilas d’água

 

O Gambá promoveu um curso de prevenção e combate a incêndios florestais na Serra da Jiboia, entre os dias 22 e 25 de fevereiro. Os 20 participantes do curso tiveram uma formação de 40 horas dividida em um módulo de primeiros socorros e outro focado no controle de fogo.  Além da formação para os cursistas, foi dado o primeiro passo para articular uma brigada voluntária de combate a incêndios na Serra da Jiboia, que vai facilitar o controle de queimadas na região. Atualmente, a Serra da Jiboia é atendida pelo Grupamento de Bombeiros de Santo Antônio de Jesus e a distância tem dificultado uma ação eficaz para debelar o fogo sem maiores danos à floresta.

Os instrutores do curso, Major Edson Carregosa e Sargento Jorge Antonio da Conceição, do Corpo de Bombeiros de Salvador, são referência nesse tipo de formação na Bahia e puderam passar sua experiência para os moradores do entorno da Serra.  O Sargento Conceição explica que qualquer pessoa a partir de 16 anos pode se tornar um brigadista depois de devidamente instruído.

Nos dois primeiros dias foram trabalhadas as principais técnicas de primeiros socorros, com demonstrações e prática de vários procedimentos para atuar em atropelamentos, envenenamento, choques de alta tensão, afogamentos, quedas, paradas cardíacas, fratura de membros, ferimentos, entre outros. Houve também uma palestra do Promotor Julimar Barreto sobre a responsabilização penal em caso de incêndio criminoso.

Já nos dias 24 e 25 foram abordadas as técnicas de combate a incêndio. “O cursista aprendeu o que é o fogo, como ele trabalha, se desloca, em qual velocidade, o que ele pode queimar e o estrago que ele pode trazer”, explicou o Sargento Conceição à Criativa Online. Além das explicações e da apostila do curso foram realizadas duas atividades práticas onde os participantes realizaram combate ao fogo e puderam se familiarizar com o uso dos equipamentos, como o abafador e a mochila d’água. O sindicato de Trabalhadores Rurais de Elísio Medrado e de São Miguel das Matas e a Guarda Civil Municipal de Amargosa mandaram representantes para o curso, além de voluntários de Santa Teresinha e Castro Alves.

Os dois instrutores observaram que além do combate é preciso investir e trabalhar firme na prevenção dos incêndios, por meio da educação ambiental e conscientizando o produtor rural dos perigos do uso do fogo na limpeza de terrenos. Segundo eles, a falta de investimento na prevenção acarreta enormes gastos no combate a incêndios que poderiam ser evitados, além, é claro, da degradação do meio ambiente.

Robson de Jesus Santos foi um dos participantes e saiu muito feliz com o resultado: “O Curso foi maravilhoso, enriquecedor. Ganhei muito conhecimento que não tinha em relação a resgate e combate a incêndio. Aprendi a comandar a tropa, e como se portar nesse momento difícil”. Ele agora se sente preparado para colocar em prática os conhecimentos adquiridos.  “Eu sou de Castro Alves, vi de perto o fogo que aconteceu no Morro da Pioneira no começo do ano passado, triste por não poder fazer nada. Fiquei só olhando porque não tinha as técnicas necessárias para fazer o combate. Espero que aquele lugar tão lindo e maravilhoso não volte a queimar, mas, se acontecer, nosso grupo estará pronto para fazer nossa parte”, promete ele.

O vídeo mostra o “rescaldo” momento muito importante do combate ao incêndio, depois de apagadas as chamas é necessário se certificar que não há chances do fogo reiniciar.
 

A ideia agora é institucionalizar uma brigada voluntária de combate a incêndios florestais que abrangeria a área da Serra da Jiboia e seria sediada no Centro de Pesquisa e Manejo da Vida Silvestre, do Gambá, além dos grupamentos municipais. A articulação será feita pelos atores do curso, com o apoio do Gambá e de Homero Viana da brigada Combatentes de Incêndios Florestais de Andaraí, que foi um importante apoiador do curso.

O curso foi promovido pelo Gambá com apoio fundamental da Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida do Colégio Polivalente de Castro Alves (COM-VIDA), Conselho Municipal de Meio Ambiente de Castro Alves, Prefeituras Municipais de Castro Alves, São Miguel das Matas e Elísio Medrado e da empresa Saga Engenharia.

Logomarca Gambá

Av. Juracy Magalhães Jr, 768, Edf. RV Center, sala 102, Rio Vermelho, Salvador/Ba. Tel/fax: 71- 3240-6822

Reserva Jequitibá – Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, Serra da Jibóia, Elísio Medrado/BA