Ações e campanhas para proteção da Mata Atlântica

Além de desenvolver projetos de conservação da Mata Atlântica, de reflorestamento, enriquecimento florestal e monitoramento e manejo de fauna. o Gambá acompanha com muito cuidado o Bioma Mata Atlântica, seja nas diretrizes para elaboração das políticas públicas para sua proteção, como na legislação específica e no seu controle e monitoramento.

As ações predatórias dos madeireiros vêm sendo sistematicamente combatidas pela entidade como forma de preservar os últimos remanescentes de espécies importantes deste bioma.

Rede de ONGs da Mata Atlântica

O Gambá participou, em 1992, da fundação da Rede de ONGs da Mata Atlântica, RMA, e até hoje faz parte de sua coordenação.  Participa ainda do Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica da Bahia, representando a RMA, onde acompanha o Projeto Corredores Ecológicos, que é implementado nas Regiões Sul, Baixo Sul e Extremo Sul da Bahia. Alguns projetos desenvolvidos no bioma são de autoria da organização, que visa o aprofundamento de técnicas de proteção, recuperação e o uso sustentável da Mata Atlântica.

A criação e a melhor gestão de unidades de conservação na Mata Atlântica tem sido uma das bandeiras defendidas pelo Gambá para que se possa melhor garantir a conservação da biodiversidade do bioma, uma das mais ricas do Planeta. A organização já desenvolveu ações de melhoria das condições de proteção do Parque Nacional de Monte Pascoal, além de ter contribuído fortemente para a criação dos parques nacionais do Pau Brasil e do Descobrimento, todos no Extremo Sul da Bahia.

Campanha Mata Atlântica – Desmatamento Zero

O Gambá participou ativamente da Campanha Mata Atlântica – Desmatamento Zero, da RMA, desenvolvida nos anos de 2001 a 2006, que objetivou a aprovação da lei da Mata Atlântica, que acabou ocorrendo no final de 2006, após 14 anos de tramitação no Congresso Nacional. A campanha buscou esclarecer à sociedade a importância da aprovação dessa lei, para tornar mais eficaz a proteção dos remanescentes. Foram coletadas cerca de 300 mil assinaturas e entregues à Câmara dos Deputados solicitando a aprovação. Muitas reuniões com parlamentares ocorreram para que um texto legal fosse acordado e definido.

Logomarca da Campanha Mata Atlântica Terceiro Milênio – Desmatamento Zero

Campanha Paralela Sempre Verde

Atenta a questão da expansão urbana na capital baiana, a organização sempre se preocupou com as áreas de remanescentes da Mata Atlântica de Salvador. Um exemplo disso foi o lançamento, em 2001 da campanha “Paralela Sempre Verde”. A Avenida Paralela vem sofrendo nos últimos anos um processo de ocupação desordenada, sem que nunca tivesse sido estabelecido um limite para expansão urbana no local. A preocupação do Gambá é com um pedaço importante da Mata Atlântica, situada no local, onde setores imobiliários estão cada vez mais ganhando espaço para a construção de empreendimentos.

Logomarca da Campanha Paralela Sempre Verde

Logomarca Gambá

Av. Juracy Magalhães Jr, 768, Edf. RV Center, sala 102, Rio Vermelho, Salvador/Ba. Tel/fax: 71- 3240-6822

Reserva Jequitibá – Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, Serra da Jibóia, Elísio Medrado/BA